Logo recortado

FAQ

Não, pois as manutenções dos sistemas fotovoltaicos são pouco frequentes. Em média, o
gasto anual com a manutenção fica em torno de 0,5% do investimento.

Uma empresa irá instalar o sistema e posteriormente a distribuidora irá vistoriar a instalação
e caso esteja aprovado vai proceder com a conexão do sistema fotovoltaico na rede.

De acordo com as pesquisas, até 97% dos materiais utilizados nos módulos fotovoltaicos
podem ser reciclados.

Todo o processo de instalação é realizado pela AVOR, que é uma empresa especializada
no assunto. A AVOR cuida de toda a instalação, desde as etapas com a sua concessionária
de energia até todo o projeto. Assim, entregamos o sistema funcionando e pronto para ser
utilizado.

A produção de energia pode ser acompanhada em tempo real por um smartphone ou um
tablet, pois a maioria dos inversores possui conexão com a internet. Então, os dados são
gerados e armazenados pelo inversor e podem ser consultados a qualquer momento pelo
cliente através de um aplicativo

O painel é composto por células fotovoltaicas que transformam a radiação solar em
eletricidade, através de uma reação fotoquímica que acontece entre os fótons de luz e os
elétrons do seu material semicondutor.

A conversão da luz do sol em energia elétrica é realizada a partir dos painéis fotovoltaicos
juntamente com o inversor solar. Essa energia é utilizada para suprir a demanda da
residência, do comércio ou da indústria em questão.

Qualquer sistema de energia solar gera energia apenas durante o dia, então em qualquer
período sem sol o local é alimentado pela energia da concessionária presente. Durante o
dia, a energia a mais que é gerada pelo sistema (isto é, a energia que não foi consumida
pela sua carga) é injetada na rede da concessionária, gerando assim créditos de energia
que você pode utilizar em momentos em que seu sistema não estiver gerando sua própria
energia.

Não, pois temos alguns tipos de tarifas na nossa conta de energia e uma delas é a
participação no sistema de distribuição da sua concessionária. Além dessa tarifa, também
continua sendo cobrada a taxa de iluminação pública. Como o imóvel continua ligado à rede
elétrica como explicamos no último item, para usufruir da rede nos momentos sem sol, e os
custos de manutenção e reparo da rede ainda continuam existindo, existe uma regra de
tarifação popularmente conhecida como tarifa mínima. De acordo com a Resolução
Normativa N°414, esse custo é calculado por um consumo mínimo multiplicado pelo valor
da tarifa de energia vigente, esse consumo mínimo é:
I – 30 KWh conexões monofásicas (2 Condutores)
II – 50kWh para conexões bifásicas (3 Condutores)
III – 100kWh para conexões trifásicas

Em caso de racionamento, como já ocorreu no país, o governo pode estabelecer uma multa
para quem consumir acima do limite máximo. E quem conta um sistema de energia solar e
pode produzir sua própria energia, não vai ultrapassar esse limite, evitando assim multas.
Então a resposta da pergunta é sim.

O custo da conta de energia elétrica está em constante aumento, enquanto a tecnologia da
geração fotovoltaica está em constante evolução, com módulos cada vez mais baratos e com maior capacidade de geração. Isso significa que a energia solar será cada vez mais
atrativa e o investimento se pagará cada vez mais rápido. Além disso, o retorno do
investimento depende do tamanho do sistema, da tarifa de energia da distribuidora local, da
radiação local e outras variáveis. Considerando tudo isso, o tempo de retorno atual é de 4 a
5 anos.

O sistema fotovoltaico off grid é capaz de gerar energia para ser consumida durante o dia e
o excedente é armazenado em baterias para ser consumido à noite. No entanto, as baterias
tornam esses sistemas bem mais caros, além de exigirem muita manutenção e
apresentarem baixa vida útil.

O sistema fotovoltaico alimenta o local inteiro, sendo conectado ao quadro de distribuição
do imóvel. Assim ele alimenta todas as tomadas e aparelhos necessários. Porém você pode
escolher dimensioná-lo apenas para as demandas do ar-condicionado ou do equipamento
em específico.

A energia excedente, ou seja, a energia que não foi consumida é injetada na rede e é
convertida em créditos ao final de cada mês. Esses créditos podem ser utilizados em até 60
meses. Assim, em algumas épocas do ano, quando o seu sistema tiver uma menor
produção de energia, os créditos podem ser utilizados. Isto é muito válido, pois a produção
de energia não será a mesma para um período anual e você terá esses créditos guardados
para ser utilizado por 5 anos.

Depois da longa vida útil, o sistema pode continuar funcionando, porém sua eficiência
acaba diminuindo ao passar dos anos. A degradação natural do painel solar que é exposto
ao sol e à toda mudança climática, afeta a eficiência dos equipamentos. Em média, a
eficiência das placas pode diminuir 0,7% a cada ano. Mas vale ressaltar que com o alto
crescimento da tecnologia, a eficiência das placas está crescendo mais a cada dia.

Segurança é muito importante, por envolver eletricidade e trabalho em altura. Portanto, exija
que todos os instaladores estejam usando os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) e
que a empresa possua o certificado NR10 (trabalho com eletricidade) e o NR35 (Trabalho
em altura).

É um processo junto a concessionária de energia elétrica da região onde será
implementado o sistema, com o objetivo de padronizar, regularizar e garantir a segurança
do projeto fotovoltaico. O projeto é elaborado pela AVOR com toda documentação
necessária para aprovação junto à distribuidora.

O sistema de energia solar é bem silencioso. O processo é um processo fotoquímico, então
não envolve barulho. Processos de geração de energia que emitem som geralmente são
processos mecânicos.

Os painéis fotovoltaicos possuem um vidro temperado capaz de resistir às intempéries,
inclusive, a chuva de granizo.

Para quem mora em apartamento existe a possibilidade de ingressar no sistema de créditos
de energia, no autoconsumo remoto, na geração compartilhada ou na geração em
condomínios com múltiplas unidades consumidoras.

A limpeza dos módulos deve ser feita pelo menos duas vezes ao ano, para que o módulo
mantenha a sua capacidade de captação de radiação solar. Além disso, deve ser feita uma
manutenção anual da parte elétrica e mecânica do sistema para garantir a vida útil dos
equipamentos. Todas essas manutenções devem ser realizadas por uma equipa técnica
qualificada.

A menor unidade geradora de energia é a célula fotovoltaica. Um conjunto dessas células
forma um módulo fotovoltaico, que também pode ser chamado de placa solar. Um conjunto
de módulos forma o painel solar fotovoltaico.

Category: FAQ

Cada sistema de energia solar fotovoltaica é dimensionado de acordo com a demanda de energia elétrica do imóvel, juntamente com as características do local da instalação. Então devem ser definidas as informações necessárias para realizar uma cotação adequada para cada situação.

Depende do porte do sistema e da complexidade na instalação devido às características do
imóvel, como a disponibilidade de acesso ao local da instalação.

A vida útil de um sistema é caracterizada pela vida útil dos equipamentos presentes. Neste
caso, a vida útil de um painel solar gira em torno de 25 anos, e de um inversor gira em torno
de 10 a 15 anos. E as garantias oferecidas pelas fabricantes desses equipamentos também
são bem extensas, dando maior tranquilidade ao cliente.

Quando estamos falando de sistemas on grid, que são aqueles conectados na rede elétrica,
a resposta é que não continuará funcionando. O inversor solar tem um mecanismo
chamado anti-ilhamento que é um meio de proteção para o sistema e para o ser humano.
Por exemplo, caso ocorresse uma queda de energia na rede e o sistema fotovoltaico
continuasse funcionando, algum funcionário da concessionária de energia poderia acabar
se envolvendo em um acidente por não saber que o sistema fotovoltaico estivesse
energizado.

Vamos conversar?


    Assine nossa newsletter e tenha acesso as novidades da Avor


      Avor nas redes sociais
      Avor © 2021 - Todos os direitos reservados
      Politica de Privacidade
      crossmenuchevron-down Open Popup